Apesar do acordo salarial, a decisão foi motivada para atender um pedido da Prefeitura do município

0
66
A principal queixa é o fato do arqueiro ter sido condenado a 20 anos de prisão por um assassinato

Barbalha Futebol Clube, do estado do Ceará,  desistiu da contratação do goleiro Bruno, ex-Flamengo. A equipe cearense havia acertado as bases salarias com o atleta e o enviado um pré-contrato, na última sexta-feira (1º), mas recuou na proposta antes mesmo da oficialização.

Diário do Nordeste apurou que a decisão foi tomada para atender uma solicitação do prefeito do município, Argemiro Sampaio (PSDB), que repudiou a chegada do jogador. Como o gestor atua como patrocinador do time desde 2017, a diretoria então acatou a solicitação.

A principal queixa é o histórico do arqueiro, que foi condenado a 20 anos de prisão pelo assassinato da modelo Eliza Samúdio em 2010. Por apresentar bom comportamento, Bruno ganhou o direito ao regime semiaberto, o que o possibilita de conseguir um emprego formal.

Apesar da negociação avançada com o Barbalha, a contratação ainda dependia do aval do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ/MG), que precisava liberar a transferência do jogador da comarca mineira de Varginha, onde cumpre pena, até o município de Barbalha, no Ceará, distante 2.189 km.

O goleiro também recebeu proposta de outros times, incluindo o Madureira, do Rio de Janeiro, mas tinha optado pelo Barbalha devido a possível ascensão no cenário nacional. Campeão do 1º turno do Estadual de 2019, o time do Cariri tem vaga assegurada na Copa do Brasil da próxima temporada, além de ter se mantido na elite cearense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here