Caso Marielle: Polícia apreende para perícia sistema de portaria do condomínio de Bolsonaro

0
51

247 – A Polícia Civil do Rio de Janeiro apreendeu na manhã desta quinta-feira 7 o sistema de gravação da portaria do condomínio onde mora o ex-policial militar Ronie Lessa, acusado de ter disparado os tiros contra a vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes, e onde Jair Bolsonaro tem duas casas.

O objetivo é realizar uma perícia para identificar quem passou pela portaria no dia do assassinato da vereadora, 14 de março de 2018, e de quem é a voz que atendeu ao interfone para liberar a entrada de Élcio de Queiroz, apontado de ser o motorista do veículo usado no crime, e de qual casa essa pessoa falava.

Os peritos vão tentar ainda identificar as vozes dos porteiros que trabalharam naquele dia, além de analisar os áudios gravados pelo sistema de comunicação da portaria com as residências, informou reportagem da TV Globo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here