Prefeitura de Vitória do Mearim reajusta salário dos professores

0
62

A prefeitura de vitória do Mearim comunica que no dia 31 de janeiro do corrente ano, enviou à câmara municipal dois projetos de lei. um que autoriza a unificação de matrículas dos professores
da rede municipal, com grandes benefícios para os que tem mais de duas matrículas.


O outro projeto de lei trata do reajuste salarial de 12,84% dos professores, seguindo orientação do ministério da educação, e aumento anual da folha, só dos professores, de r$ 1.995,645,33, incluído o 13º salário.

A prefeita determinou que fosse pago o mês de janeiro até o dia 10/02, já com o aumento para os professores,
correspondente aos 12,84%. Também consta das mensagens que encaminham os projetos de lei, fossem os mesmos
apreciados, pela câmara em regime de urgência, porque o parágrafo primeiro do artigo 161 do regimento da câmara, diz que “nos períodos de recesso legislativo, a câmara poderá reunir-se em sessão legislativa extraordinária quando regularmente convocada pelo prefeito, pelo presidente da câmara ou a requerimento da maioria absoluta dos vereadores, para apreciar matéria de interesse público relevante e urgente. O presidente da câmara vereador George Maciel não convocou o legislativo, tampouco a maioria dos vereadores se manifestou sobre a convocação extraordinária, mesmo com o pedido da prefeita para que os projetos fossem analisados em regime de urgência. Os vereadores não podem inventar desculpas pela não aprovação destes projetos de lei. a responsabilidade é exclusivamente deles.

Assim é que a câmara de vereadores, exceto o vereador Kristiano falcão, mais uma vez, não aprovou, até hoje, estes dois projetos de lei. Com isso, fica prejudicada a unificação de matrículas e o aumento dos professores que seria incluído em seus pagamentos referente ao mês de janeiro, não poderá ser feito, graças a essa decisão política da câmara, contrária aos interesses do povo. só resta esperar. Lamentável que a loucura de uns poucos pelo poder, tenha controle sobre o legislativo municipal, a ponto de maltratar de forma cruel e desumana, quem realmente mais precisa, tudo com o objetivo de prejudicar a administração. A perversidade, agora, é contra os professores. conto com o apoio de todos para mais esta batalha, agora em defesa da classe dos professores.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here