Vida de Zeca Pagodinho vai virar filme

Depois de ter sua vida e obra transformadas em musical de teatro, em 2017, a história de Zeca Pagodinho está sendo levada para o cinema. Já está em fase de pré-produção um filme de ficção sobre a vida do cantor, compositor e músico carioca Jessé Gomes da Silva Filho, nome de batismo do sambista nascido no bairro carioca de Irajá, que ascendeu no mercado artístico a partir do lançamento, em 1983, do hoje clássico “Camarão que dorme a onda leva”.

O filme, produzido por Roberto Faustino e Marcos Altberg, está sendo baseado no livro “Deixa O Samba Me Levar”, lançado em 2014 pela Editora Sonora e escrito pelos jornalistas Jane Barboza e Leonardo Bruno. Há ainda especulações de que a atriz Juliana Knust interpretará o papel de Mônica Silva, mulher de Zeca. Uma das locações do filme deve ser Xerém, na Baixada Fluminense, onde o artista passa boa parte de seus momentos de descanso e onde ele mantem uma escola de música para crianças carentes.

A iniciativa veio quase simultânea com os anúncios de que as vidas de Rita Lee e Roberto Carlos também estão sendo roteirizadas para dar origem a dois longa-metragens sobre suas trajetórias. Trata-se do efeito provável dos sucessos de bilheteria obtidos pelos filmes “Elis” (2016) e “Tim Maia” (2014). E vale lembrar que o filme sobre Erasmo Carlos (baseado em sua biografia “Minha Fama de Mau”) está com estreia prevista para este ano

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here