ASSISTA AO VÍDEO: Moro é alvo de protesto no México: “Juiz imoral e parcial”

O Coletivo México-Brasil, que promove com frequência manifestações denunciando o golpe no Brasil, protestou com veemência contra o juiz Sergio Moro, que esteve no Colégio Nacional, naa Cidade do México, para uma conferência. Segundo os ativistas, “onde ele for haverá denúncias e resistência do povo brasileiro”. Sua intervenção foi interrompida pelos manifestantes, que o acusaram de ser “golpista” e de promover perseguição política contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As informações são da Mídia Ninja.

 

 

 

O grupo afirmou que o julgamento do ex-presidente Lula foi político e não relacionado à justiça dos fatos. “Moro imoral, juiz parcial”, gritaram os manifestantes, que levaram cartazes contra o magistrado da operação Lava Jato. O ministro da Suprema Corte, José Ramón Cossío, teve que intervir, para que o juiz Moro pudesse continuar com a palestra.

Moro se ofereceu para compartilhar com as autoridades do país, as evidências sobre o envolvimento de funcionários mexicanos, em casos de suborno para empreiteiros brasileiros envolvidos no escândalo da Petrobras. Ele disse que tem muita evidência e é seu interesse em colaborar para que a evidência “seja usada” contra autoridades alegadamente subornadas em troca de contratos para as empresas de construção brasileiras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here