Polícia de Caxias prende suspeitos de integrar quadrilha especializada em falsificação de documentos

A Polícia Civil, através da Delegacia Regional de Caxias, efetuou na manhã de sexta-feira (2) uma operação para cumprimentos de mandados de busca e apreensão nas residências de suspeitos de integrarem uma quadrilha especializada em falsificação de documentos públicos.

Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 1ª Vara Criminal de Caxias.

Entre os documentos que eram falsificados, RG, Certidão de Nascimento e Carteira de Trabalho. Segundo o delegado regional, Jair Paiva, “a prática criminosa tinha vistas ao recebimento fraudulento de benefícios previdenciários de pessoas já falecidas, empréstimos e outros golpes”.

Na residência de Salustiano Bernardo da Silva Neto, vulgo “Salu”, de 47 anos, foram apreendidos: um revólver calibre 38, municiado com seis cartuchos intactos; um notebook; cópias de cartões do SUS em nomes de terceiros; cartões bancários, e; a quantia de R$ 8 mil.

Em poder de Carlos Augusto Mota Pereira, vulgo “Doridama”, de 50 anos, foram apreendidos: dezenas de fotografias 3×4 somente de idosos; sete RGs, inclusive dois com mesma fotografia e qualificações diferentes, outro RG sem fotografia; cartões bancários; CPF; certidões de nascimento; extratos de benefícios; a quantia de R$ 2.662,00, e; um celular.

De acordo com a polícia, Doridama responde a processos por estelionatos e formação de quadrilha em São Raimundo das Mangabeiras-MA, Teresina-PI e Caxias, enquanto Salu responde a estelionato, formação de quadrilha e furto majorado.

“O Salu foi autuado por porte ilegal de arma e o material em sua casa foi apreendido para o inquérito que apura a falsificação. O Doridama foi interrogado, o material foi apreendido e ele foi liberado, sem ser autuado, mas continua respondendo pelo inquérito policial”, explica o delegado.

As investigações, iniciadas no mês de setembro do ano passado, irão prosseguir para identificar o restante da quadrilha.

Fotos: Polícia Civil

Fonte: João Lopes/Direto da Redação