Presidente do Flamengo se filia a partido de Marina Silva

Opresidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, se filiou ao partido de Marina Silva, o Rede, e já abriu espaço para uma guerra política dentro do clube. Marina é provável candidata da sigla ao Planalto.

Segundo o Extra, oposição e até aliados de Bandeira exigem sua saída do cargo, mas ele não pretende deixar sua posição de líder do clube no momento.

“O primeiro passo eu já dei. Não sei o que irá acontecer nas eleições, mas estou à disposição para o que for melhor para a Rede e o que for melhor para Marina”, disse Bandeira ao site do partido.

Um dos problemas é o fato de que Bandeira deve se candidatar a deputado federal, o que colocaria em risco um contrato assinado do Flamengo com a Caixa Econômica, já que o prazo necessário para a assinatura não foi respeitado, se de fato ele concorrer à vaga na Câmara.