Começa julgamento por massacre em mesquita de Quebec

Um canadense foi levado nesta segunda-feira (26) a julgamento como o suposto autor de um ataque contra uma mesquita de Quebec no ano passado e que deixou seis fiéis mortos e 19 feridos.

“Não culpado”, murmurou Alexandre Bissonnette, de 28 anos, depois que o tribunal leu as 12 acusações contra ele.

O massacre de 29 de janeiro de 2017 foi um dos maiores contra muçulmanos em um país ocidental.

O agressor abriu fogo após a oração de domingo no Centro Cultural Islâmico de Quebec, uma mesquita localizada em um bairro tranquilo.

De acordo com a Polícia, Bissonnette logo chamou os serviços de emergência e confessou ter efetuado os disparos. O homem foi encontrado dentro um veículo estacionado em uma estrada rural a cerca de 20 quilômetros da mesquita.

No julgamento, seus defensores esperam questionar a validade da confissão.

Nos próximos dias, o tribunal escolherá os 12 membros do júri e espera-se que o julgamento dure até o fim de maio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here