Pai é preso por tortura após tentar queimar mãos da filha de 11 anos

Apolícia prendeu um homem de 42 anos suspeito de torturar e tenta asfixiar a própria filha, de 11 anos. A vítima contou que o pai ainda tentou queimar as mãos dela no fogão. O crime teria sido cometido por causa do desaparecimento de um chip de telefone. A prisão aconteceu nessa terça-feira (27), em Novo Aleixo, Zona Norte de Manaus

De acordo com o G1, a criança, durante a tortura, começou a gritar, o que chamou a atenção dos vizinhos. Acionada, a polícia foi até a casa do suspeito e o encaminhou, juntamente com a filha, para a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca). As agressões, relatou a menina, eram frequentes.

Ela ainda disse em depoimento que o homem desferiu cinco golpes de cinturão contra ela e, após fracassar ao tentar queimar as mãos dela, pegou uma toalha e tentou sufocá-la. Na unidade policial, o suspeito, que responderá por tortura, negou as acusações. A criança foi acolhida por um abrigo onde irão ser tomadas os procedimentos cabíveis.