Acidente que matou família nos EUA pode ter sido premeditado

A queda de um carro que matou uma família no estado da Califórnia (EUA) pode ter sido premeditada. A família estava sob investigação por abuso infantil. As informações são do jornal americano USA Today.

O GPS do veículo indicou que o carro do tipo GMC Yukon acelerou a uma velocidade de cerca 140 km/h antes de mergulhar mais de 30 metros no Oceano Pacífico, de acordo com Greg Baarts, oficial de polícia da Califórnia. ” (Houve) Aceleração por todo o caminho”, disse Baarts. “Nós temos razões para acreditar que o acidente foi intencional.”

O acidente que aconteceu no mês passado matou o casal Jennifer e Sara Hart, 38, e três dos seis filhos adotivos. Outras três crianças estão desaparecidas. Uma delas é Devonte Hart, um menino afro-americano que atraiu os holofotes nacionais em novembro de 2014, quando uma foto dele abraçando um policial durante um protesto relacionado a Ferguson em Portland, Oregon, viralizou na internet.

Ao USA Today, uma vizinha da família disse que fez uma denúncia ao Serviço de Proteção a Crianças duas semanas antes do acidente informando que os filhos do casal estavam sendo punidos com privação de comida.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here