Assista ao Vídeo: Seminário discute elaboração do Plano Municipal de Políticas Públicas LGBT em Caxias

Na manhã da última quinta-feira (03) foi realizado o “Seminário e Oficina de Elaboração do Plano Municipal de Políticas Públicas LGBT”, no auditório da Escola Antônio Rodrigues Bayma.

O evento foi promovido pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) em parceria com a Associação de Gays, Lésbicas e Profissionais do Sexo (AGLESP) e contou com o apoio da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos.

Na ocasião estiveram presentes o Conselho Municipal de Assistência Social e a população em geral, onde foram tratadas estratégias de combate à discriminação sexual e de gênero, defesa de direitos e igualdade de valores com órgãos da saúde, educação e representantes do judiciário.

“Esse é um Plano de Políticas Públicas com ações nos eixos da saúde, educação, segurança pública, cultura e turismo, onde tratamos também de prevenção e saúde mental. Daí a importância de dialogar com diversos órgãos”, disse Airton Ferreira, superintendente de Promoção e Educação dos Direitos Humanos.

“A importância desse seminário é reforçar os direitos humanos. É uma forma também de agregar não só à Secretaria de Assistência, mas também de Educação e da Mulher, que vão trabalhar a violência em torno das mulheres trans, afinal, nos temos muitas demandas a respeito disso”, disse Camila Doudement, advogada da AGLEPS.

“Agora nós vamos de fato poder cobrar políticas públicas para a população LGBT, e o Plano vai poder nos dar mais garantias; por isso que hoje estamos aqui neste evento que é histórico no Município”, disse Edilson Ferreira, diretor executivo da AGLEPS.

O secretário adjunto da SMADS, Professor Chiquinho, destacou a importância da criação do Plano para legitimação da luta LGBT em Caxias. “É preciso que tenha esse Plano para que essa luta seja fundamentada. Convidei o presidente da AGLEPS para que víssemos a situação aqui no município. Esse momento é de suma importância, é o marco zero, e, a partir desse documento, poderemos fazer um trabalho mais direcionado”.

A transformista Ágata Vinner apresentou uma performance da canção “Indestrutível” que, segundo ela, fala sobre o combate à descriminação e a luta do segmento LGTB para conquistar cada vez mais um lugar digno na sociedade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here