Caminhoneiros mantêm mobilizações na Bahia pelo 6º dia; acompanhe

A manifestação dos caminhoneiros continua na Bahia neste sábado (26). Desde as 5h, os manifestantes estão bloqueando uma faixa de cada um dos sentidos da BR-324. Os reflexos por causa das manifestações também estão se agravando. Acompanhe o sexto dia de paralisação no CORREIO.

***

Confusão em posto de gasolina em Salvador

Uma confusão no posto escola está atrapalhando o trânsito na região do Stiep, na manhã deste sábado. Lá é o único posto que ainda tem combustível em Salvador, porque recebeu caminhões de gasolina na noite de ontem para abastecer viaturas e carros oficiais. Teve gente que dormiu na fila e acabou fazendo protesto quando soube que não ia conseguir abastecer, nem ter como voltar para casa.

Apesar de só carros oficiais e viaturas poderem abastecer lá, ainda tem gente que está na fila para garantir o combustível

Onze aeroportos não têm mais combustível

A Infraero informou que são onze os aeroportos com falta de querosene de aviação na manhã deste sábado. Os aeroportos não estão fechados, podem receber pousos e fazer decolagens, mas a orientação para as companhias aéreas é que, ao pousar em algum desses terminais, é preciso que a aeronave tenha combustível suficiente para a próxima etapa de voo.

Os aeroportos onde há falta de querosene são: Carajás, São José dos Campos, Uberlândia, Ilhéus, Palmas, Goiânia, Campina Grande, Juazeiro do Norte, Recife, Maceió e Vitória. As informações são do Estadão Conteúdo.

***

Temer se reúne com ministros para avaliar crise

O presidente Michel Temer e ministros do gabinete de crise, criado para monitorar a paralisação dos caminhoneiros, participam agora de manhã de uma reunião no Palácio do Planalto para avaliar a efetividade das medidas tomadas para liberar as rodovias e reabastecer o país com os produtos retidos nos caminhões. Entre essas medidas está o decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), editado nesta sexta (25) pelo presidente Michel Temer.  A reunião começou por volta das 9h20. As informações são da Agência Brasil.

***

Exército aciona tropas da Bahia e Sergipe para liberar estradas

As unidades militares do Exército na Bahia e em Sergipe foram acionadas neste sábado (26) para cumprir o decreto presidencial de liberar as estradas que estão intertidadas pelos caminhoneiros que estão em protesto há seis dias.

De acordo com comunicado do Exército Brasileiro enviado ao CORREIO, as ‘unidades militares do Exército nos estados de Bahia e sergipe foram acionadas’. Contudo, as tropas que estão em cidades como como por exemplo Salvador, Feira de Santana e Barreiras, ainda não foram para as ruas.

O Exército informou que está em momento de planejamento para cumprir a medida de acordo com a demanda existente de desbloqueio

Frota de ônibus reduzida em Salvador!

Em função da crise de abastecimento de combustível no Brasil provocada pela greve dos caminhoneiros, a frota de ônibus de Salvador foi reduzida hoje.  O secretário municipal de mobilidade, Fábio Mota, informou que houve uma redução de 50% da frota regular que circula pela cidade aos sábados.

“Tem 800 ônibus rodando hoje na cidade. Desativamos as linhas que têm pouca demanda e juntamos outras linhas. Alguns bairros onde há duas linhas, por exemplo, deixamos só com uma. Priorizamos também as linhas que são integradas com o metrô”, afirmou o secretário. A frota de ônibus de Salvador em dias normais é de 2,8 mil ônibus.

***

Anac pede que aeroporto de Salvador empreste combustível 
O Aeroporto de Salvador está funcionando como ponto de abastecimento para aviões de voos de outros estados – que também  enfrentam desabastecimento de combustível devido à greve nacional dos caminhoneiros. A Concessionária do Aeroporto Salvador Bahia informou, neste sábado (26), que o terminal foi solicitado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para prestar apoio aos demais aeroportos da malha aérea nacional.

(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)

***

Rodovias liberadas pelas Forças Armadas no país

132 pontos foram liberados em todo país com apoio da Polícia Rodoviária Federal e Forças Armadas

***

Postos da Bahia não têm mais gasolina
O Sindicato do Comércio de Combustíveis e Energias Alternativas e Lojas de Conveniência do Estado da Bahia (Sindicombustíveis Bahia) informou na manhã deste sábado (26) que os 2,8 mil postos do estado estão sem combustível. Saiba se há previsão de reabastecimento.

***

Rodovias bloqueadas na Bahia

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os manifestantes estão bloqueando uma faixa de cada um dos sentidos da BR-324. os veículos ocupam também o acostamento, na região do km 613.

A PRF não soube estimar a extensão do bloqueio, mas, até as 8h, devido à chuva, uma quantidade menor de caminhoneiros estava no local, em comparação aos dias anteriores. No km 541, na altura de Amélia Rodrigues, a manifestação dos caminhoneiros interdita parcialmente os dois sentidos da BR-324, segundo informações da Via Bahia. Não há congestionamento no local.

Segundo a concessionária Bahia Norte, os caminhoneiros bloqueiam os dois sentidos da Via Parafuso (BA-535), no km 10 da rodovia, na altura do Atakadão. Apenas veículos de passeio são liberados para trafegar. Equipes da Bahia Norte e da Polícia Militar estão no local.

***

Em todo país
No resto do país, as mobilização também continuam. A PRF ainda não informou o número de interdições na manhã. Na sexta-feira, 25, o presidente Michel Temer acionou as forças de segurança nacionais para desbloquear rodovias.

O decreto, publicado no Diário Oficial da União, autoriza o emprego das Forças Armadas no contexto da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) até o dia 4 de junho. Em São Paulo, segundo a Ecovias, há manifestação na rodovia Anchieta, nos dois sentidos, entre o km 22 e 24, em São Bernardo do Campo. O trânsito, porém, está liberado para veículos de passeio, motos, ambulâncias e coletivos.

Na rodovia Fernão Dias, ocorre um protesto sem interdição na altura do km 37, na região de Atibaia. De acordo com a concessionária Nova Dutra, os caminhoneiros também permanecem na rodovia Presidente Dutra nas regiões de Santa Isabel, São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Pindamonhangaba, Lorena, Barra Mansa e Piraí.

Na Régis Bittencourt, a manifestação ocupa uma faixa e o acostamento, em ambos os sentidos, na altura do km 279, em Embu das Artes, e também na altura do km 385, em Miracatu, no sentido de Curitiba. Também há bloqueio no km 477, em Jacupiranga. No Rodoanel não há interdições, mas a via tem lentidão no trecho de Embu das Artes, em razão dos protestos na Régis Bittencourt.

De acordo com a Autoban, a rodovia Anhanguera permanece com bloqueio na região de Limeira. A concessionária orienta o motorista a utilizar a rodovia dos Bandeirantes.

As rodovias Imigrantes, Raposo Tavares, Castelo Branco, Ayrton Senna e Bandeirantes seguem sem mobilizações.

Informações do Estadão Conteúdo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here