Preso no Maranhão presidente de Câmara de Vereadores por participar de máfia pesada

A Operação “La Famiglia” prendeu hoje fazendeiros, empresários, políticos, policiais militares, civis, e agentes penitenciários pela prática de crimes como extorsão, corrupção e homicídios.

Aqui no Maranhão, na cidade de Imperatriz, foi preso pela manhã o vereador Marcos Felíssimo (foto acima), presidente da Câmara Municipal de Conselheiro Pena, cidade mineira, totalizando 42 mandatos de prisão e apreensão em quatro estados, sendo a maioria de Minas Gerais, além de uma pessoa nos EUA.

A Gaeco e Ministério Público do Maranhão, Bahia, Ceará e Minas fizeram as investigações de uma máfia denomina “irmandade”. Os crimes que mais pesam contra a organização da corrupção e 18 assassinatos.

O presidente da Câmara Municipal preso em Imperatriz deve ser recambiado amanhã para Belo Horizonte. Ele já teve o mandato cassado por abuso de poder econômico em 2017, mas depois reconduzido pela Justiça mineira ao cargo.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.