Jota Pinto vem recebendo dezenas de convites, diariamente, para verificar in loco a situação de abandono de São José de Ribamar

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

atallaia.baluarte@hotmail.com

O pré-candidato a Prefeito de São José de Ribamar, Jota Pinto(Patriota), cumpre extensa agenda na terceira maior cidade do Maranhão por bairros e comunidades.

1º no card da disputa pela cadeira do Executivo, com 40% das intenções de votos computados, Pinto vem recebendo, diariamente, convites de lideranças comunitárias que alimentam o sonho de vê um dia a Balneária ser resgatada do limbo do desprezo. A situação de abandono no município é a pior já registrada em 15 anos.

Acompanhado de membros da Aliança Ribamarense-AR, maior movimento político da cidade nos dias atuais, Jota Pinto e grupo seguem consolidando presença nas 139 comunidades ribamarenses. Há dois dias, eles estiveram em companhia do pré-candidato a Vereador e filho do saudoso ex-prefeito Urbano, Valter de Urbano, percorrendo áreas abandonadas. Há nove meses a AR lidera o protagonismo politico para o pleito de 2020 em São José de Ribamar.

CADEIRA DO EXECUTIVO Jota Pinto vem recebendo dezenas de convites, diariamente, para verificar in loco a situação de abandono de São José de Ribamar: em 1º lugar nas pesquisas, ele segue à frente na corrida pela…

”Estive em Panaquatira, junto com o vereador Negão, visitando o Porto do Gaspar e a Fábrica de Gelo, que há algum tempo está fechada. Os pescadores reclamam da falta de atenção do poder público com esses espaços importantes para o ganha pão de muitos ribamarenses”, anota Jota.

A governabilidade na terceira maior cidade do Maranhão segue esfacelada. Com ampla rejeição o atual prefeito Eudes Sampaio(PTB), tenta desfazer um cenário cerrado que o mostra em queda livre com 80% de rejeição junto ao eleitorado local. Ainda assim os cerca de 230 mil ribamarenses que povoam, hoje, a Balneária creem que a eleição vindoura se constituirá no maior divisor deáguas da história  politica da cidade.

”Visitei também algumas ruas do bairro, e pude ver de perto  descaso e os problemas que os moradores enfrentam no seu dia a dia, ruas e acessos intrafegáveis e muito lixo. A comunidade está tirando do próprio bolso para tentar melhoras as vias’’, lamenta Jota Pinto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here