IMPUNE, FALSO ADVOGADO CONTINUA AGINDO EM PARNARAMA

Afastado por desvio de conduta das funções como agente administrativo da  Secretaria de Sentença Pública, lotado na Delegacia de Parnarama, Geovane Augusto Pereira, vem se passando ora como advogado, ora como policial civil no município.
Geovane já conseguiu ludibriar até o juízado de pequenas causas, assistindo a uma audiência na condição de advogado no Fórum de Parnarama. Na Delegacia de Polícia, atua livremente, quando na verdade já deveria ter sido preso em flagrante por exercício ilegal da profissão.
Nesse domingo, 10.11, Geovane Augusto Pereira, na condição de falso policial, foi ao povoado Tuarí, na zona da mata parnaramense e intimou verbalmente os lavradores José Wilson Alves de Sousa e José Luis Ferreira, para compareceram nesta quarta feira, dia 12/11 na Delegacia de Parnarama. Antes, o suposto policial já  teria enviado as intimações através do seu celular, usando o aplicativo WhatsApp. Perante os intimados, o pernicioso Geovane pediu para atuar na causa como advogado.
Na Delegacia de Parnarama, estranhamente, o IPC Hélio, que estava de plantão, decidiu validar ou tornar oficiais as intimações e realizou a audiência.
Segundo o advogado Jonnas Ramiro, o tema da audiência girava em torno de conflito  de terras, o que foge totalmente das alçadas da Polícia Civil.  Essas providências nos faz crescer a convicção que o falso policial e advogado Geovane Augusto Pereira, tem mesmo pano pras mangas para continuar operando anomalamente.
Fonte: J.J.Pereira – Curto e Grosso!