Phil Collins não consegue tocar bateria devido a problemas de saúde

Phil Collins passou o seu legado enquanto baterista dos Genesis ao filho de 20 anos, Nic. O reconhecido músico de 70 anos juntou-se aos companheiros de banda para juntos darem uma entrevista ao ‘BBC Breakfast’, onde acabou por abordar o assunto.

“Eu adoraria [tocar bateria], mas mal consigo segurar uma baqueta com as mãos. Há determinadas questões físicas que se colocaram no caminho”, notou.

“Estou a ser desafiado fisicamente o que é muito frustrante, porque adoraria tocar com o meu filho”, confessou. 

Apesar disto, Collins estará no palco e irá cantar com o grupo, no entanto, este deu a entender que poderá ser a sua última digressão.

Recorde-se que em 2015, o músico foi submetido a uma cirurgia às costas que lhe danificou os nervos. Dois anos mais tarde, este sofreu uma queda que o deixou a andar com uma bengala.