Milionário deixa herança a inquilinos. Mulher e filhos ficam… sem nada

Joan Thompson, de 79 anos de idade, foi casada durante 42 anos com o milionário Wynford Hodge, que morreu no ano passado aos 94 anos. O homem era proprietário de casas e terrenos no País de Gales e tinha uma fortuna avaliada em 2,1 milhões de dólares mas não deixou nem um centavo à mulher nem aos filhos.

De acordo com o The New York Post, Wynford Hodge decidiu repartir a fortuna por dois inquilinos que haviam sido gentis consigo nos seus últimos anos de vida.

Numa carta que foi anexada ao testamento, Hodge explicou de forma perentória que não queria que nem a esposa nem os filhos herdassem o seu dinheiro. Descreveu a mulher, Joan, como “financeiramente confortável”, embora, diz a publicação, tenha uns modestos 3.500 dólares no banco, tendo sido obrigada a pedir subsídios para viver num lar.

Um juiz norte-americano reverteu parte do testamento, considerando que o falecido não cumpriu com as suas responsabilidades para com a companheira de longa data. Assim sendo, ordenou que fosse entregue a Joan uma casa do património do marido no valor de 318 mil dólares e mais 268 mil dólares para outras despesas.

Hodge, que morreu de cancro na próstata, fez mais de dez alterações no testamento antes da morte mas tinha assegurado à mulher que esta ficaria bem aprovisionada. Depois, deixou tudo para dois inquilinos que lhe foram fazendo alguns favores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here