Administradora de página contra Bolsonaro no Facebook é agredida

Maria Tuca Santiago, coordenadora de campanha do candidato a deputado estadual Sérgio Ricardo Verde pelo PSOL no Rio de Janeiro, foi agredida por três homens armados, na noite desta segunda (24).

O candidato disse ao UOL que os agressores desceram de um táxi amarelo e, armados, deram coronhadas em Tuca e levaram o celular dela.

Maria Tuca é uma das administradoras do grupo Mulheres Unidas Contra Bolsonaro no Facebook. “Ela é uma figura conhecida aqui por suas posições, trabalha em projetos sociais em comunidades, como capacitação profissional de jovens. Neste momento trabalhava pela reabertura da maternidade da Ilha do Governador”, declarou Verde ao site.

O candidato ainda contou que, no domingo, durante sua campanha, um homem pegou o panfleto da mão dela, amassou e apontou para ela com a mão em formato de arma.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here