EDUCAÇÃO – SEMECT reúne gestores, coordenadores, professores e mediadores para conhecimento da Base Nacional Comum Curricular

A Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (SEMECT) reuniu professores, coordenadores, gestores e mediadores nesse fim de semana para tratar sobre o dia D de mobilização nacional da Base Nacional Comum Curricular.

O dia D será 06 de março, onde os profissionais da educação vão ter a oportunidade de conhecer o documento que foi homologado pelo Ministério da Educação no final de 2017, como explica Socorro Brito, supervisora do Setor de Currículos e Programas da SEMECT.

“Esse dia D é importante para discussões sobre currículo a nível nacional. Esse importante documento está sendo debatido por todo o Brasil desde 2015 e, agora, o documento foi homologado em 2017 e é uma referência para a construção dos currículos municipais. Caxias estará participando dessa mobilização nacional, será um dia de debates e discussões, onde os professores, gestores e coordenadores estarão conhecendo esse documento para posterior reformulação das propostas curriculares do Município”, explica Socorro Brito, supervisora do Setor de Currículos e Programas da SEMECT.

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um documento de caráter normativo que define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica.

“Ao longo da Educação Básica – na Educação Infantil, no Ensino Fundamental e no Ensino Médio –, os alunos devem desenvolver as dez competências gerais que pretendem assegurar, como resultado do seu processo de aprendizagem e desenvolvimento, uma formação humana integral que visa à construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva”, diz o documento da BNCC.

A secretária municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Ana Célia Damasceno, fala da relevância das discussões que vão acontecer nos turnos matutino e vespertino no dia D em Caxias.

“Todos vão estar envolvidos nessa discussão que vai envolver toda a estrutura curricular nacional. A ideia é essa, universalizar a educação e promover uma educação de qualidade para todos os brasileiros e, isso claro, a partir de uma discussão bem democrática. Agora o MEC nos dá uma devolutiva para que o professor possa assinar em baixo e dizer: foi isso que nós pensamos, é isso que nós queremos para a educação dos caxienses também!”, explica Ana Célia Damasceno, secretária municipal de Educação, Ciência e Tecnologia.

A secretária acredita que, até o final do mês de maio, o Município já deva estar com as propostas curriculares reformuladas tomando como referência a BNCC.

“Acredito que até final de maio nós estaremos com a Base Comum toda organizada, porque é assim que o MEC pensa. No ano de 2018 nós já vamos estar usando a nova Base. Agora Caxias, como é uma cidade à frente do seu tempo, já tem a estrutura das propostas curriculares que estão sendo estudadas pelos coordenadores de área aqui na Secretaria Municipal de Educação;  essas propostas, como já estão prontas, nós queremos até o final de maio, com o material da BNCC, enviar para a Câmara Municipal para que a Comissão de Educação possa avaliar e, a partir daí, nós podermos implantar uma estrutura curricular que esteja dentro dos moldes do nacional, mas também que venha atender às necessidades da nossa população aqui em Caxias”, ressaltou a secretária.