Vereador diz que foi agredido por PMs do BPRv em blitz

O vereador Edson Ganhuinho (PHS), de São Luís, denunciou hoje (3), em um áudio espalhado via redes sociais, ter sido vítima de agressão por parte de policias militares do Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRv).

A abordagem ocorreu na Vila Riod/Janaína,por volta das 16h30.

Segundo o parlamentar, ao pediram sua parada, os PMs solicitaram habilitação e documento do veículo, o que foi apresentado.

Depois disso, Gaguinho disse que se identificou como vereador.

“Quando eu fui sair do carro um policial foi metendo uma gravata, me botando na parede. Eu falando que eu era vereador, eles disseram que eu era vereador era lá na Câmara. Me tratando como bandido”, reclamou.

O parlamentar disse ter-se sentido humilhado.

“Eu estou um cara indignado, muito triste, pela forma que eu, hoje, como uma autoridade desse município, tô sendo tratado assim, imagine uma pessoa comum, um cidadão de bem, que paga seus impostos. Eu ainda me identifiquei: ‘Sou vereador, tem alguma coisa irregular no meu veículo?’ Não tem. Meu documento pago, minha habilitação em dia, e fui tratado com a maior humilhação, no meio da rua. Constrangimento”, comentou.

Em conversa com o titular do Blog do Gilberto Léda, ele confirmou todo o teor do áudio que circula em grupos de WhatsApp.

Ouça aqui o desabafo de Gaguinho.

Abaixo, um vídeo feito pelo vereador durante a abordagem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here