Atenção: Bombeiros mostram o PERIGO de carregar celular sobre a cama

Quem nunca carregou o celular deixando-o bem pertinho da cabeceira da cama ou até
mesmo sobre o lençol ou sob o travesseiro?
A intenção para esse hábito é o de ouvir o alarme soar ou até mesmo as mensagens
chegarem. Muitas pessoas, inclusive, não conseguem dormir sem ter o aparelho bem
pertinho, tamanho o vício no celular. No entanto, esse hábito tem se mostrado, na
verdade, um mau hábito.
O risco de um incêndio quando o celular permanece ligado na tomada e sobre a cama tem
se mostrado cada vez maior. Bombeiros de uma cidade norte-americana fotografaram os
danos de um destes casos e apontam que, segundo pesquisa, cinquenta e três por cento
das crianças e adolescentes carregam seus celulares durante o sono sobre a cama, muitas
das vezes embaixo do travesseiro ou de uma almofada.
O superaquecimento no aparelho, que esquenta devido à eletricidade, não se dissipa para
canto algum, uma vez que permanece encoberto, e este aquecimento tem sido o início de
incêndios e graves queimaduras.
Um estudante de medicina brasileiro, recentemente teve partes do ombro e do braço
queimados quando seu celular carregava sob o travesseiro durante a madrugada. O susto
foi grande, segundo o estudante seu rosto foi surpreendentemente protegido pelo
travesseiro. Caso isso não tivesse acontecido, poderia ter outras partes de seu corpo com
danos severos. Ele ainda conta que Alguns especialistas não recomendam que o celular fique plugado na tomada durante toda
a noite. O risco de aquecimento do aparelho também pode, pouco a pouco, danificá-lo. Isso
acontece porque o carregador está fornecendo mais energia do que o celular necessita.
Neste caso, o ideal é acompanhar o carregamento e desligá-lo após ter atingido seu
potencial completo. Desta forma, se evita o risco de superaquecimento da bateria, que
danifica o aparelho, bem como risco de incêndio e queimaduras.acordou com um forte barulho e com um clarão sob sua cabeça. Segundo o corpo de bombeiros, esse tipo de explosão pode desencadear um incêndio de grandes proporções

Alguns especialistas não recomendam que o celular fique plugado na tomada durante toda
a noite. O risco de aquecimento do aparelho também pode, pouco a pouco, danificá-lo. Isso
acontece porque o carregador está fornecendo mais energia do que o celular necessita.
Neste caso, o ideal é acompanhar o carregamento e desligá-lo após ter atingido seu
potencial completo. Desta forma, se evita o risco de superaquecimento da bateria, que
danifica o aparelho, bem como risco de incêndio e queimaduras.

Manter o celular carregando a uma distância segura também é outra recomendação dos
especialistas. Eles consideram ao menos trinta centímetros do rosto como forma de
prevenção.
As mesmas recomendações e cuidados servem para tablets e computadores, além de
outros aparelhos eletrônicos. Se perceber que seus aparelhos estão aquecendo além do
normal quando carregando, busque auxílio de uma assistência técnica para identificar o
problema e evitar danos maiores

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here