SAÚDE – Feirinha da Gente recebe ação preventiva contra o Diabetes

A Feirinha da Gente ficou completamente azul ao receber integrantes da Associação Caxiense de Assistência e Proteção ao Diabético (ACAD), que, em conjunto com órgãos da Secretaria Municipal de Saúde e parceiros, realizou uma ação de saúde preventiva, com oferecimento de exames de glicemia, teste de sensibilidade dos pés, além de orientações nutricionais. A ação foi alusiva ao Dia Mundial de Luta Contra o Diabetes, 14 de novembro.

O fiscal Acilino Sousa é diabético e busca controlar as taxas, a fim de conviver com a doença. “Eu sou diabético há 6 anos e eu tenho que ficar no controle o tempo todo. Você tem que controlar a alimentação também, não beber, não fumar”, diz.

“Muitas pessoas não sabem que são diabéticas. Nós estamos abertos para oferecer ajuda a quem precisa. Nós não somos médicos, mas nós temos uma equipe multidisciplinar para que realizar o acompanhamento e dar as primeiras orientações para procurar os profissionais adequados”, afirma Alexandre Henrique, membro da ACAD.

A fisioterapeuta Sara Sabrina lembra que o teste de sensibilidade dos pés aponta se o diabetes está sendo controlada ou está evoluindo no paciente.

“Quando a gente faz esse teste, a gente quer verificar se a sensibilidade está normal ou alterada, para que se faça o controle tanto por meio da carga glicêmica, quanto para que esse paciente possa ser encaminhado a um profissional”, explica a fisioterapeuta.

Estudos da Organização Mundial de Saúde apontam que no Brasil 17 milhões de pessoas são diabéticas, o que representa 8,9% da população. Segundo o Atlas do Diabetes, esse número tende a aumentar em mais de 150% até 2035. No mundo já são quase 500 milhões de diabéticos. O remédio mesmo é a prevenção. Muitas pessoas que foram à Feirinha não perderam tempo.

“Quando a gente não sabe a gente não cuida, mas quando a gente sabe, a gente pode se prevenir”, disse a aposentada Delmair dos Santos.

“Eu faço os acompanhamentos para evitar os problemas”, disse Isabel Mendes.

“Primeiramente, as pessoas devem realizar os exames. Além disso, é bom evitar doces, diminuir os industrializados e buscar levar uma vida saudável”, afirma Amanda Serejo,  coordenadora do Programa Saúde na Escola (PSE/Saúde).

Uma palestra também foi ministrada no palco da Feirinha da Gente, seguida por um aulão.

“O dia 14 de novembro foi escolhido para lembrar o Dia de Combate ao Diabetes. O objetivo é prevenir e controlar a doença controlando a alimentação e promovendo a prática de atividades físicas. Hoje, na Feirinha da Gente, tratamos de um assunto muito sério: o diabetes, doença crônica, metabólica, que atinge os órgãos alvos e é silenciosa. Muitas pessoas nem sabem que possuem a doença”, explica Andreia Almeida, coordenadora do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here